sexta-feira, 8 de novembro de 2019

O acaso e alguns detalhes fazem toda a diferença - Carteira do mês - Nov/2019


Olá pessoal, espero que todos vocês estejam bem.

Atualmente pego Uber todos os dias para um trecho da ida e volta ao trabalho. Sendo assim, converso diariamente com as mais diversas pessoas.

São ex-taxistas, manos da periferia, tiozões, várias mulheres e na maioria dos casos homens que perderam os empregos e resolveram enfrentar o trânsito de SP a fim de descolar um troco e conseguir sobreviver.

Os casos que mais me espantam são de homens que tinham bons empregos e por falta de uma estrutura melhor tiveram que recorrer a ser Uber para conseguirem manter-se. Um traço em comum é que estas pessoas geralmente são mais educadas, sabem falar melhor e geralmente estão ouvindo a Alpha FM ou a Antena 1. Geralmente estes são os que já fazem questão de dizer que estão nesta situação temporariamente, pelo desemprego, como se isso fosse algum demérito. Não penso assim.

Ainda ontem peguei um carro em que o homem tinha seus 55 anos e me falou que a situação apertou um pouco e ele está de Uber para poder complementar a renda, até "se aposentar".

Esta situação me causou um frio na espinha, pois eu aos 45 já me acharia "velho" para começar a constituir minha carteira. Se com 7 dígitos eu fico com receio que ainda não teria uma velhice tranquila, imagina com 55 e quebrado.

O fato é que eu poderia muito facilmente estar na mesmíssima situação.

Pequenos detalhes me ajudaram na vida.

O primeiro foi ter pais que fizeram questão que eu estudasse na melhor escola que eles poderiam pagar. Desde a mais tenra idade educação foi a prioridade número 1 em casa e eu nunca podia tirar menos do que 8 em qualquer matéria. A mentalidade do meu pai era que nosso "trabalho" era estudar e para isso não tínhamos que ter tempo ruim. Nunca perdi aula por causa de feriados prolongados para a família voltar na segunda-feira e mesmo durante um tempo em que meu pai ficou desempregado ele continuou a pagar um dos melhores colégios do ABC para mim e meus irmãos. Isso fez uma grande diferença.

Me formei e comecei a trabalhar na área mas vi que o futuro era incerto para minha área de formação (o que realmente se concretizou). Um dia por acaso minha mãe me falou : "Tem uma carta pra você". Era uma carta de uma grande empresa contratando recém-formados. Fui como quem não quer nada e fui contratado. A empresa foi uma grande escola pra mim. Lá conheci o mundo (trabalhei em 6 países diferentes) e aprendi a falar inglês, um sonho de infância. Sair da empresa em que estava e ir para essa outra foi de novo uma grande diferença.

Tive a felicidade de por acaso ler o livro "Pai Rico, Pai Pobre", emprestado por um colega de trabalho e de novo isso mudou mais uma vez minha vida. O fato de ter começado jovem me ajudou muito na constituição da carteira. Comecei rigorosamente do zero, pois aos 25 anos meu pai já era falecido e a herança deixada foi a casa onde morávamos, sem dinheiro algum ou bens.

Finalmente, encontrei uma mulher maravilhosa, que pensa como eu e é a companheira de todas as horas. Confiamos totalmente um no outro e para vocês terem uma ideia, o salário dela é depositado diretamente na minha conta corrente (que é conjunta, mas ela não acessa muito). Ela não é consumista, não bebe (assim como eu) e caminha lado a lado comigo. É conservadora, religiosa e se comporta como uma verdadeira dama.

Acredito que tudo o mais que aconteceu antes de nada valeria se tivesse casado com uma mulher ruim. Tenho um conhecido que assumiu uma mãe solteira com filha, comprou apartamento junto e depois descobriu que ela traía ele fazia 2 anos com um cara que os dois conheciam. Eles estão vendendo a casa agora e além de ele ficar com 30% apenas do imóvel, ela ainda vai ficar com os outros 70% e mais o carro. Ou seja, o rapaz está com a vida semi destruída, aos 44 anos de idade.

Acredito que a decisão mais importante de um homem é com quem se casar, se for se casar. O mesmo rigor que temos ao comprar uma ação, um carro ou uma casa, temos que ter com a mulher com quem passaremos a viver. Observem como ela se comporta, se é educada e amorosa com os pais, se tem bondade e boa vontade. Se for mulher que fala palavrão, bebe, gosta de balada e tatuagem, SAIAM FORA PELO AMOR DE DEUS.

O fato é que se não tivesse tido pais que focassem educação, trocado de emprego para abrir a cabeça, lido o Pai Rico e conhecido a minha esposa, poderia muito bem ser eu o Uber. Poderia facilmente ser mais um com quase cinquenta anos, sem um centavo no bolso e tendo que aguentar falta de educação e selvageria no trânsito para ganhar algum trocado.

No mais segue a carteirinha das ações que estamos comprando:


No mais grande abraço!

14 comentários:

  1. "Acredito que a decisão mais importante de um homem é com quem se casar, se for se casar. O mesmo rigor que temos ao comprar uma ação, um carro ou uma casa, temos que ter com a mulher com quem passaremos a viver. Observem como ela se comporta, se é educada e amorosa com os pais, se tem bondade e boa vontade. Se for mulher que fala palavrão, bebe, gosta de balada e tatuagem, SAIAM FORA PELO AMOR DE DEUS."

    Concordo plenamente com voce. Meu calcanhar de aquiles tem sido isso. Invisto desde os 26 anos de idade, aporto, estudo tudo que posso, busco novas fontes de renda extra, porem nunca consegui encontrar alguem que realmente valesse a pena. Na verdade a que encontrei é bem mais velha e as vezes penso em ter filho aí ja desisti. É impressionante. Fiz até um relato do meu ultimo namoro.

    - Minha primeira namorada foi uma prima minha de família até rica. Sempre foi de pensamento "carpe dien". Na epoca que eu estudava para concursos, quase não apoiava e reclamava. Terminamos e nunca mais olhei pra trás. Atualmente ela mora em outro país, ainda os pais ajudam e trabalha lavando prato e limpando casas. Já está meio que arrependida querendo voltar ao Brasil.


    - Tive uma outra tb que so queria saber de balada, ganhava mal e n queria saber de crescer junto. Não era companheira...vazei fora...


    Esse tem sido meu maior problema. Está muito difícil encontrar alguem bacana, companheira, parceira e com pensamentos de investir e tudo mais. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você citou qualidades interessantes de uma mulher Gari. Mas penso que não é bem assim. Conheci uma mulher que tinhas estas qualidades, mas era feia e o sexo era Ruim ! Lógicamente eu não gostava dela ! E ela gostava muito de mim !

      Mas enfim, acredito que esse seu problema é um problema de homens que não tem muito a oferecer. Acredito eu que um trintão ou 40tão que tenha dinheiro no bolso , uma hiluxa na garagem , casa com piscina , terras ,não passa esse tipo de dificuldades não.

      Excluir
    2. Meus caros amigos, acredito que vocês sejam jovens, pelo estilo de escrita. Vejam bem, sexo não é absolutamente tudo na vida, nem beleza. Uma mulher que vai querer ficar com você por causa do carro, casa com piscina etc claramente não presta. Se não pintar uma melhor, paciência, mas tenham certeza: o sistema judiciário inteiro vai te ferrar se por acaso não der certo. Vide o relato do meu amigo que fiz no post. ABRAM O OLHO PESSOAL!

      Excluir
    3. Eu particularmente tenho que discordar de você Investidor. Concordo que uma mulher para casar tem que ter outras qualidades, isso é um fato, se fosse só sexo, era só pegar uma prostituta e casar com ela. Não foi isso que quis dizer, mas digo com absoluta certeza que Sexo é importante sim ! digo que até 60% de um casamento, se o sexo for ruim, tudo vai por água baixo, a não ser que você e sua esposa tenham falta de Líbido , aí já é outro tópico.

      Sobre mulheres interesseiras, novamente não concordo ! Acredito que todo ser humano tem sua parcela de interesse pelo outro, todos tem suas qualidades e defeitos. Um homem normal logo se interessa por uma mulher bonita ( Valor dela na sociedade). Acho muito dificil um homem em sã consciência escolher uma feia honrada a uma bonita que você não sabe como é.

      Então o homem que alcançou o sucesso em sua vida como empresário , médico , engenheiro , advogado, policial federal, eu acho totalmente justo que ele tenha direito as melhores mulheres do mercado, aí não estou falando só de beleza ou sexo, porque geralmente todas as especies de femeas querem estes homens que são poucos disponiveis no mercado.

      Enfim , espero que tenha entendido essa visão, as vezes reclamamos que as coisas não estão dando certo, que não conseguimos aquela branca de neve para casarmos, termos filhos e sermos felizes,mas talvez o problema não seja elas e sim nós mesmos.

      Excluir
    4. Mas o mais importante que eu quero dizer é o seguinte.

      Que arrumar uma mulher honrada, recatada não é dificil, tem muitas por aí. O Dificil é você arrumar uma mulher assim, sendo ela bonita, inteligente e que deixe você apaixonado por ela ! E na minha opnião você tem mais chances quando se é uma pessoa de sucesso perante a sociedade.

      Excluir
    5. Bem caros amigos, a realidade se mostra um pouco diferente. O que observo é que os homens que nasceram dos meados dos anos 80 para cá na verdade não terão uma família. O que estes homens terão será um arranjo familiar. Ou seja, serão casados por um tempo e se separarão. Se tiverem filhos, poderão visitá-los durante uns dias na semana e arranjarão uma espada sobre a cabeça pelos próximos 20 anos no mínimo que é a possibilidade de prisão se não pagarem pensão.
      Isso é muito fácil de comprovar, basta perguntar para alguém que trabalha com crianças para saber a porcentagem daquelas que têm os pais casados. Você verá que será uma mínima parte. A grande maioria das crianças têm pais separados.
      E aí essa mesma mulher arranjará outro cara e este morará na mesma casa que seus filhos.
      A medida que você ficar mais velho, as únicas mulheres que sobrarão serão essas mesmas que já têm filhos com outro cara e se você "se apaixonar" por ela terá que viver com eles também e se forem adolescentes viverão um inferno que é estar numa casa com pirralhos que tratam você como um verme, pois na verdade você não é o pai deles e isso é verdade.
      Infelizmente o mundo ficou assim.

      Excluir
  2. ABC tenho perfil parecido com o seu, não bebo, nunca fui de baladas, sou um cara de hábitos simples.
    Invisto dentro de minhas possibilidades e estou buscando um futuro próximo relativamente tranquilo em relação a dinheiro.

    Com relação a mulher você foi muito feliz em sua escolha, parabéns.
    Não é fácil para homens com o nosso perfil mais caseiro e discreto, encontrar uma mulher legal para casar e ter filhos.
    A maioria das mulheres de hoje não sentem a menor atração por homens com nosso perfil e por outro lado eu não sinto atração por promiscuas, vulgares, baladeiras etc, sendo assim fica dfícil encontrar alguém.
    Mas como não estrou morto sempre há possibilidades, vamos ver se ainda encontro alguém, embora não tenha muitas expectativas sobre isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Às vezes procuramos nos lugares errados. Mulheres boas dificilmente são encontradas em lugares que favorecem promiscuidade. Procurem em lugares diferentes. Tem muita mulher boa por aí, mas vai ser difícil encontrá-las num boteco.

      Excluir
  3. Que relato enriquecedor. Inclusive apartir do trecho que você fala do Pai Rico e Pai Pobre até a parte do "Saiam fora pelo amor de Deus" eu copiei e mandei para alguns amigos.

    ResponderExcluir
  4. ...Se for mulher que fala palavrão, bebe, gosta de balada e tatuagem, SAIAM FORA PELO AMOR DE DEUs...

    No geral concordo com os argumentos do texto geral sobre a importância de uma mulher para o homem bem sucedido, mas julgar uma mulher por ter tatuagem ou beber socialmente acredito que é preconceito seu. Os valores de uma pessoa podem ser bons independente de seus hábitos ou aparência. Por exemplo, beber socialmente é totalmente diferente de ter a rotina de beber todo o dia. Quanto a tatuagem é questão de bom senso e gosto. Nao torna a pessoa inferior por pensar diferente de você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, como diria um amigo americano: "If this is your thing, go for it".
      Veja, não disse que estas pessoas são inferiores. O que disse é que na minha humilde opinião estas mulheres são uma furada. Mas cada um fica com o que lhe apetece. Na minha geração, as mulheres tatuadas e que bebem eram apenas pra pegar e sair fora.
      Mas veja, se existem caras capazes de levar a própria mulher pra clube de swing, quem sou eu pra julgar? Se o cara é feliz de ver a mulher com outro cara, "go for it".
      Apenas não gosto da ideia da minha mulher ficar pelada na frente de um mano com uma maquininha furando a pele dela e depois usar roupa curta pra mostrar tatuagem pra outros.
      Mas isso é coisa de gente velha meu filho. Tem caras que gostam de exibir o corpo da mulher e ver ela enchendo a lata. Não é o meu caso.

      Excluir
  5. Parabéns! Seu posts são sempre proveitosos.

    ResponderExcluir